INGLÊS ACADÊMICO | Centro Universitário Farias Brito 

INGLÊS ACADÊMICO

Objetivo

Inglês pode não ser a língua mais falada no mundo, mas é a língua oficial de 53 países e falada por aproximadamente 400 milhões de pessoas em todo o globo. Ser capaz de falar inglês não é apenas ser capaz de se comunicar com os nativos da língua inglesa, é a segunda língua mais comum no mundo. Se você quiser falar com alguém de outro país, então as chances são que você estará falando inglês para fazer isso.
2. Inglês é a língua dominante dos negócios e tornou-se quase uma necessidade para as pessoas falar inglês, se elas precisarem entrar no mercado de trabalho global. A pesquisa em todo o mundo mostra que a comunicação empresarial além das fronteiras é mais frequentemente realizada em inglês e muitas empresas internacionais esperam empregados que sejam fluentes em inglês. Por exemplo, na Índia, falar inglês significa ascensão social e na Coreia se tornou imprescindível para o sucesso em qualquer setor.
3. Aprender Inglês é importante, pois fornece acesso a mais da metade do conteúdo na Internet. Saber como ler inglês permitirá que você tenha acesso a bilhões de páginas de informação que só podem ser disponíveis em língua inglesa.
4. Na vida acadêmica tornou-se a língua oficial de todos os jornais de periódicos e artigos científicos disponíveis na Internet. Quando um pesquisador deseja publicar um artigo em uma revista de grande impacto é necessário que o texto seja todo em inglês.

OBJETIVOS: Iniciar o aluno para uso da língua inglesa de forma prática através de diálogos de situações reais usando a abordagem comunicativa com encenação.

Público Alvo

Geral

Carga Horária

24h/aula

Investimento

2x R$250,00

Disciplinas

O aluno deverá ao fim do curso:
1.Saber como usar a língua-alvo através das estruturas básicas para um alcance de diferentes propósitos e funções;
2.Saber como variar o uso da língua de acordo com a formatação e os participantes, isto é, saber como usar a falaforma e informal ou como escrever texto forma e informal;
3.Saber como pronunciar de forma correta a língua-alvo;
4.Saber como produzir e entender diferentes contextos na fala e na escrita;
5.Saber como manter a comunicação a despeito das limitações no conhecimento da língua-alvo;
6.Criar um dialoga completo acerca de uma situação realística.