Artigos

11/02/2021

TORCER POR QUEM?

Prof. Tales de Sá Cavalcante

O Povo. 11/02/2021 (quinta-feira).
tales@fariasbrito.com.br

Era um sábado. A contrariar Vinicius em O dia da criação, o bar do Zé não estava repleto de homens vazios. Só Manoel e Luís, dois clientes habituais, e o Filósofo, possuidor desse apelido por seus inteligentes comentários à mesa do bar.

Como este articulista, Manoel torcia pelo Ferroviário desde a época da RVC (Rede de Viação Cearense), patrocinadora do Ferrim. Ele narrava fato ocorrido numa antiga decisão em que seu time precisava ganhar para ser campeão e o Ceará jogava pelo empate para obter o título. Findo o 1º tempo, Manoel, revoltado com a apatia de seu clube, foi tomar a tradicional geladinha e encontrou o amigo Leopoldo, também fã do Ferrim, que indagou: “Viu aí o que é um time cadenciado?” O Filósofo comentou: “O julgamento do torcedor pela emoção e não pela razão revela que não se deve discutir futebol.”

Ao mudar de assunto, Luís falou sobre Sapiens: uma breve história da humanidade, quando seu autor, Yuval Harari, destaca que “a era moderna testemunhou a ascensão de uma série de religiões baseadas em leis naturais, como o liberalismo, o comunismo, o capitalismo, o nacionalismo e o nazismo”. O fervoroso cristão Manoel bateu na mesa, preciosa pelos líquidos que ali estavam, e vociferou: “Não admito que você chame o comunismo de religião.” Mais uma vez, o “Sócrates” do bar do Zé interveio: “Não se deve discutir também religião.”

O assunto passou a ser a eleição para síndico do condomínio onde moravam os três. Sob os olhares do Filósofo, Manoel e Luís se exaltaram e quase romperam a longa amizade, pois um defendia calorosamente um candidato, e outro, o opositor. O Filósofo mostrou-lhes foto de faixa de recente protesto nos EUA onde se lia “Parem de odiar uns aos outros por discordarem” e declarou: “Não falarei o que esperam que eu diga. Desta vez, usarei a interrogação. Vocês não acham que deveriam ser torcedores fanáticos pelo condomínio e não por um candidato?”

Ambos reconheceram a sabedoria do Filósofo e a isso fizeram um brinde, que foi seguido por mais uma pergunta do sábio do bar: “E se o condomínio for sua cidade, seu Estado ou seu país, haverá brinde?”

Veja mais

06/05/2021
( Professor Tales de Sá Cavalcante )
08/04/2021
( Professor Tales de Sá Cavalcante )
11/03/2021
( Prof. Tales de Sá Cavalcante )
14/01/2021
( Prof. Tales de Sá Cavalcante )
11/12/2020
( Prof. Tales de Sá Cavalcante )